Eu já estive em muitos partos. Aliás, eu mesma já pari dois filhos. Em meu primeiro parto, me privaram de beber e comer. 16 fucking horas sem uma gota d’água na boca. Eu imploraaaaava por água.

Então, como eu dizia, já estive em muitos nascimentos, e vou te contar: é muito trabalho. O gasto calórico é imenso!  Trabalho de parto demanda muita hidratação e pequenas refeições. Seu médico diz o contrário? Ele anda meio fora de sintonia, desatualizado, preso nos anos 40, coitado.

https://lalage.files.wordpress.com/2011/07/old-radio.gif?w=510

Porque a hidratação é importante?

Até mesmo a Sociedade Americana de Anestesiologia concorda que é preciso manter-se hidratada:

“Sem nutrição adequada, o corpo da mulher começará a usar a gordura como fonte de energia, aumentando a acidez no sangue da mãe e da criança, potencialmente reduzindo as contrações uterinas e levando a mais horas de trabalho de parto, e menor nota de APGAR.  Além disso, estudos sugerem que o jejum pode causar estresse emocional, complicações no útero e na placenta, aumentando o trabalho de parto e contribuindo para o sofrimento do feto .”

Então, por que mesmo aquele seu médico quer te colocar em jejum? Você correria uma maratona sem beber ou comer? Desidratação é uma inimiga do parto.

Quanto devo beber?

200 a 240 ml por hora/trabalho de parto é uma boa regra. No intervalo de cada contração, aproveite que os exercícios de respiração podem deixar seus lábios ressecados, e tome um golinho. Use um canudinho dobrável, é super útil! Você nem precisa mudar de posição para beber.

Faça você mesma: isotônicos naturais

Toda doula sabe: isotônicos são ótimos para trabalho de parto. Porque, geralmente, uma reação normal do corpo à dor são náuseas e vômitos. E quem consegue comer desse jeito? Portanto, o mínimo que se come ou bebe deve ter um alto valor energético. Bebidas eletrolíticas ou isotônicos são os queridinhos por isso. Mas e se você não gosta de bebidas industrializas ou do sabor, o que fazer? Vou ensinar uma receita caseira! É basicamente o seu próprio Gatorade mas sem todo o açúcar, corantes e porcarias de nome impronunciável. 

Você pode começar a beber nas semanas que antecedem o parto, e pode misturar suco de cranberry, que ajuda a evitar infecções urinárias tão comuns na gestação. Uma das mulheres que acompanhei usou com Rescue Remedy, um floral de Bach para ansiedade. Se você faz uso de florais, é uma boa ideia! Dá até pra fazer picolé, pois a gente sabe que bebidas geladas ajudam a amenizar náuseas.

A receita é muito prática e fácil de ser customizada, ou seja, mistura o que te agrada!  Depois não deixe de compartilhar seus experimentos nos comentários !

Sobre os  ingredientes básicos: 

ÁGUA DE COCO é muitas vezes referida como “Gatorade natural”, pois contém 13 vezes mais potássio – um eletrólito necessário para a função celular adequada – do que Gatorade, além de duas vezes a quantidade de outro eletrólito, o sódio. Saiu aqui a comparação entre um e outro e a água de coco venceu a parada!

MEL é rico em minerais e açúcares facilmente digeríveis, que podem ser usados para a energia. O açúcar ajuda o corpo a regular a produção de hormônios do estresse como o cortisol. Os níveis de cortisol tem seu pico durante a prática de exercícios e em especial durante os exercício anaeróbios (quando você fica ofegante). Cortisol em demasia pode interferir no trabalho de parto, então mel é um super ingrediente!

SAL MARINHO é cheio de eletrólitos e minerais. Além disso, ele desempenha um papel importante de equilibrar os hormônios do estresse durante o parto. Sal reduz os níveis de adrenalina e ajusta a saúde metabólica geral. Adrenalina é outro hormônio concorrente à ocitocina, que causa as contrações uterinas. (Leia mais sobre os hormônios do parto aqui)

Então, mãos à obra!

Você vai precisar de…

  • 1 litro de água de coco
  • Suco de 1 limão (ajuda muito quando você está com náuseas) ou 1 copo de seu suco favorito
  • 1 colher de sopa de mel (ou mais, se quiser mais doce)
  • 1 pitada de sal

Misture todos os ingredientes e mexa como louca pra diluir o mel.

Agora é só correr se hidratar no parto, como elas…

ju bolanho

Juliana Bolanho (Foto de Renata Penna)

renata martins

Kamille Farias (foto de Roberta Martins)

 

Hidratar é preciso! 😉

 

 

Facebook Comments